ENTRENA
KENJUTSU
ONLINE

¡Descubrimos que era posible y productivo entrenar "KENJUTSU ONLINE"!
Aquí le mostramos cómo comenzar a enseñar Kenjutsu en el Instituto Niten de inmediato
Es hora de poner en movimiento nuevamente la energía del cuerpo, la mente y el espíritu


Mural Niten Ir para o Conteúdo
imgcentral

Mural

Murales de las unidades y pote de alumnos.


Bushido 2

por Allan - PE/Recife - 27-jul-2016




"Atualmente tenho por voltar de 4 meses de treino no Niten, e só tenho a agradecer ao Senpai e todos os colegas de treino, pois, através dos ensinamentos que tenho adquirido, sinto, a cada dia que passa, mais e mais, uma mudança de comportamento,uma busca constante em aperfeiçoamento e uma maior atenção em tudo aquilo que faço no meu dia a dia. Isso tem me feito muito bem em todos os campos da vida, profissional, pessoal e emocional.

Agora busco sempre me manter focado nas tarefas profissionais e dando a devida atenção que as mesmas merecem, busco manter a posturar adequada sempre que percebo que estou relaxado.
No momento o que mais mudou em mim, foi a minha busca do aperfeiçoamento, a busca do "formidável".

Arigato gozaimasu, Sensei Jorge Kishikawa por trazer o Bushido para o Brasil através do Niten e Arigato gozaimasu Senpai Rodolfo, por dedicar seu tempo a repassar os ensinamento do Sensei para nós de Recife. 

Sayounara"

Allan

Tags: Egan2016_Ago,

SHINHAGAKURE en el TATAMI

por Videos - America Latina - 11-jul-2016




Max Trombini comenta la importancia del libro Shinhagakure del Sensei Jorge Kishikawa.
Max Trombini es referencia de superación, entreno selecciones olímpicas en varios paises, llevo atletas a la UFC a travez de su entrenamiento formo capeones mundiales de Jujitsu.
• 3° Dan (grado) de judo;
• 4° Dan de jujitsu;
• Director ejecutivo del Centro de Exelencia de la Asociación de Judo de Bastos (SP).
• Autor del libro
"Aprendiz de Samurái" que dio origen a la película "La Gran Victória" en 2014 

Estágio na ADM - Matheus

por Maheus - RJ/Volta Redonda - 08-jul-2016



Konbanwá e Shitsurei shimasu.

Neste estagio já nos primeiros dias a dinâmica da ADM me surpreendeu, não apenas por se ter que fazer tudo rápido e bem feito. Mas porque mesmo nos dias que tinha que fazer uma tarefa muito grande não podia se concentrar apenas nela, toda tarefa estava subordinada a ser interrompida para resolver alguma outra tarefa ou problema mais importante. Não podia se esperar uma rotina. Tinha que ter o espirito preparado para resolver qualquer coisa que aparecesse. O espirito de um Samurai.
(...)

(...)


Continua (post completo)

Tags: Estagio,
comentarios   1 de 1

Andréa - Rio de JaneiroOmedetou, Matheus!
Guarde no coração os ensinamentos que teve!
Gambate! (Continua)

Bushido

por Niten - PE/Recife - 07-jul-2016

"Venho falar o que o Bushidô mudou em minha vida.

Ainda sou novo no Niten, fiz apenas quatro aulas, mas, já me considero um Samurai moderno, pois após fortalecer meu corpo nos treinos, ainda fortaleço minha mente nos Momentos de ouro junto ao Senpai e a todos os companheiros do Niten.
Acredito que me tornei mais corajoso e menos hesitante, pois como o Senpai falou, não adianta pensar muito e não agir, estou muito mais confiante das minhas ações e escolhas e espero me tornar ainda mais forte junto aos meus companheiros.

Shitsurei shimassu! Arigato gozaimashita!" - 
Adriano Junior






15 meses despues

por Videos - America Latina - 06-jul-2016



El primer Dojo del Instituto Niten fue fundado en 1993.
Nuevos Dojos surgieron desde entonces.
En la localidad de Juez de Afuera (Brasil) una nueva unidad fue abierta hace 15 meses...

Chanceler das Tradições Samurais em Manaus

por Niten - AM/Manaus - 06-jul-2016



O Niten Manaus fez a entrega da Homenagem de Chanceler da Tradição Samurai ao Vereador Massami Miki

Massami Miki é o Autor do Projeto da  LEI Nº 1293, de 06 de novembro de 2008 que  instituiu o "Dia do Samurai" na cidade de Manaus, a ser comemorado no 24 de abril de cada ano e incluso no calendário oficial da cidade de Manaus.




(...)


Continua (post completo)

Meu primeiro dia de bogu!!!

por Vieira - RJ/Jacarepaguá - 06-jul-2016



"Após 3 meses de treinos de Kenjutsu no Instituto Cultural Niten, unidade Jacarepaguá no Rio de Janeiro, pude realizar meu tão esperado treino com bogu!
 
O Senpai me disse que já poderia usar e fiquei misto de felicidade pois representava um avanço no caminho e temor pq imaginava que o bogu exigiria mais de meu fôlego de 42 anos recém saído do sedentarismo.
E assim foi, preparei meu bogu e fui auxiliado por um senpai para coloca-lo, senti emoção e peso.
Treino técnico, os golpes no men, kiai vigoroso! Fôlego acabando, a falta de ar!
Mas no Niten nunca estamos sozinhos, a compaixão é exercida ao extremo e o senpai notou meu desconforto.
Calma, respiração e concentração, os conselhos para não ser derrotado pelo caminho surtiram efeito e após tempo suficiente para aprender a controlar o peso do bogu e a respiração, o treino acabou, veio o Momento de Ouro, que também passou e o treino havia terminado, mas percebi algo especial em meu intimo, a vontade de colocar o bogu novamente!
Trilhar o caminho do guerreiro nunca será fácil, mas para mim espero que seja sempre prazeroso como tem sido, espero um dia como disse meu senpai me sentir incompleto sem o bogu, pois ele será parte de mim, espero...
Isto é Bushido!

Domo arigato gozaimashita!!! "


Vieira - Jacarepaguá

Tags: Egan2016_Ago,

Influência dos Treinos - Meu Caminho no Niten

por Saraiva - RJ/Rio de Janeiro - 05-jul-2016

"Minha entrada no Niten ocorreu pelo meu amor ao Japão e sua cultura/arte, lembro que ainda realizando estágio, vi a propaganda do Niten em um mangá que retratava a vida do Musashi Sensei (Myamoto Musashi) e aquilo me marcou. Anos depois procurei o Dojo e já na primeira aula me matriculei.

Praticando o Kenjutsu com as dificuldades de quem estava parado a anos em exercícios físicos, aos poucos percebi 

melhoras no meu corpo, a respiração mais equilibrada, os músculos com respostas mais dinâmicas, subir escadas já não incomodava tanto mas a mudança principal foi na mente.

Inicialmente pensei ser um esporte como muitos que vemos por aí: academias de Judô, Karatê e outros. A medida que vamos treinando e convivendo, percebemos que nosso comportamento perante aos desafios da vida muda completamente. Aquilo que pensávamos ser intransponível começa a parecer pequeno a cada treino e o nosso cotidiano ganha um sentido objetivo.

Ao trabalharmos nossa vida no Dojo passamos a enxergá-la como uma só. O treino se expande para a vida de forma natural e contínua, fortalecendo nosso físico mas principalmente moldando nosso caráter. Passamos a dominar nossa vida, conhecer nossas fraquezas e respeitar aos outros e a nós mesmos.

O Caminho da arte da espada japonesa faz parte da minha vida, do meu dia a dia e da minha família, espero com o aprendizado ser de utilidade para os que convivem comigo e retornar para a sociedade de maneira direta e indireta um pouco do que aprendi.

Por fim o esporte transformou-se no Caminho e na arte que impulsiona minha vida em todos os sentidos. Com a vontade de aprender sigo tentando melhorar sempre.

Forte abraço!
Sayounarau arigatou gozaimashita!"



 
Ricardo Saraiva (Kimono Azul ao centro) tem 40 anos
12 anos de Instituto Niten no Rio de Janeiro é Coordenador na Unidade Ilha do Governador

 

comentarios   5 de 9

Camilla Gomes - Rio de JaneiroDomo arigato gozaimashita, Senpai Saraiva, por ter me recebido no niten e me incentivado a trilhar o caminho com seu exemplo de empenho e responsabilidade.
Sayonara arigato gozaimashita! (Continua)

Antunes - Rio de JaneiroDomo arigato gozaimashita, Senpai Saraiva, por todos os ensinamentos de sempre! O Niten mexeu profundamente comigo nesse meu pouco tempo e devo isso muito à sua paciência, dedicação, sensibilidade e entusiasmo. É uma grande honra tê-lo como guia no Caminh (Continua)

GUSTAVO - Rio de JaneiroDomo arigato gozaimashita Senpai Saraiva, por nos instruir no caminho.
Um hai, para o nosso sempai.
Sayonara arigato gozaimashita!

(Continua)

Maldonado - Rio de JaneiroDomo arigato gozaimashita Senpai Saraiva,
Que você continue sempre sendo esse grande Senpai que nos guia no dia a dia pelas lutas da vida, usando sempre o Bushidô como caminho. Tenho que agradecer por toda força, paciência, incentivo e técnica que você (Continua)

Bahia - Rio de JaneiroDomo arigato gozaimashita Senpai Saraiva, por sua presença e decisão no caminho.
Ganbate Senpai Saraiva!
Sayonara arigato gozaimashita!
Bahia (Continua)

Más comentarios

Niten: Paz em Família (Família Matsuda)

por Niten - blog - 01-jul-2016



"O Gashuku do Kokushikan vai ficar para sempre na minha memória, muitos marcos importantes da minha vida aconteceram nesse evento. Primeiro, meus dois filhos foram conosco, pela primeira vez, a um evento no Niten fora de Caxias do Sul. O Sensei nos disse várias vezes pra levá-los, e várias vezes nós planejamos isso, mas uma doença de última hora ou uma eventualidade financeira por várias vezes nos fizeram mudar os planos.







Fiquei imensamente grata e feliz em poder ter os pequenos lá, sempre tive preocupação de que eles não se adaptassem, atrapalhassem o treino dos demais participantes. O que aconteceu foi justamente o contrário, eles se entrosaram, se empolgaram com o Niten, gritaram, pularam, bateram men men men junto com o Gashuku,




(...)








Continua (post completo)

Tags: Familia,

Niten no revezamento da Tocha Olímpica.

por - Niten - 27-jun-2016







Veterano de Kenjutsu, arte da espada inspirada nas técnicas de luta dos samurais, conduz a Tocha Olímpica Rio 2016 em Campo Grande




Wenzel Böhm conduz a Tocha Olímpica em Campo Grande

Divulgação/Cobertura Oficial do
Revezamento da Tocha Olímpica
Campo Grande – Duas tradições milenares unidas pelas mãos de um condutor. Nascido na Áustria e criado no Brasil, Wenzel Böhm é Sempai (veterano) de Kenjutsu, arte da espada inspirada nas técnicas de luta dos samurais que protegeram o Japão por anos. Foi ele, convidado pela Nissan, o responsável por levar a chama olímpica pelas ruas de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, neste sábado.

"A Nissan é uma empresa japonesa e fiquei muito honrado de poder representar a filosofia Kenjutsu no Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. Eu me sinto pequeno diante de tantas histórias que são contadas nesse trajeto, mas é um reconhecimento muito importante. Quando as coisas têm tanta tradição assim, elas carregam muita energia".

Durante o percurso, uma prova da admiração que Wenzel carrega pelo Brasil: alguns de seus alunos, vestidos com o "hakama", calça usada nas lutas, acompanharam cada passo do "Sempai", tirando muitas fotos. Braço direito de Jorge Kishikawa, precursor do Kenjutsu no Brasil e fundador do Instituto Niten, Wenzel começou a treinar há 20 anos e em pouco tempo já se tornou professor, passando a viajar por todo país difundindo a filosofia japonesa.

"A Tocha Olímpica carrega vários valores que nós também acreditamos e trabalhamos muito, como coragem, energia, vontade de ir além. Se você vê um samurai, você enxerga nele uma energia, uma entrega diferente, ele vive intensamente. Vejo que com os condutores da tocha olímpica também tem muito disso".

Hoje o Instituto Cultural Niten está em 16 estados, em todas as regiões do Brasil, e também na Argentina, Chile, Uruguai e México.


(...)


Continua (post completo)

Tags: Egan2016_Ago,
comentarios   1 de 1

Maurício Borges - Belém (PA)Konnichiwa Senpai Wenzel e demais Samurais do Niten, Yoroshiku Onegai Shimassu.
Shitsurei Shimassu.
Parabéns Senpai Wenzel, por mais este feito. que é único e mundialmente comemorado.
A escolha não poderia ter sido melhor.
Fiquei muito contente, pelo (Continua)

Gashuku e Sakurás

por Niten - blog - 24-jun-2016

Galeria do Gashuku de Inverno no centro de treinameto Kokushikan, Ibiúna, São Paulo



- "Niten: onde as coisas feias se transformam em Sakurá" - Marília (Un. Vila Mariana)




- "Simplicidade espartana e gratidão por me levar aos portões do Niten" - Barreto (Un. Ana Rosa)




- "Coincidência ou destino, veio o Café com Sensei para me levar ao Gashuku e superar a perda de minha avó" - Shindi (Un. Curitiba)




- "Sem desvios ou delongas" - Calzolari (Un. Juiz de Fora)




- "O conhecimento que não é falado" - Ataide (Un. Curitiba)




- "Avaliações preciosas próximo ao Sensei" - Durval (Un. Juiz de Fora)




- "A capacidade do Sensei em organizar varias tropas é impressionante" - Helano (Un. Fortaleza)




- "O que não se aprende com palavras: Mágico" - Pontes (Un. Itaim)




- "Legal foi lutar de duas espadas e pegar gafanhotos na mão com o Hiro e a Haifa" - Eduardo (Un. Vila Mariana)




- "Um intensivo do 1º e 2º voto" - Holschuh (Un. Americana)




- "Fazer a coisa do jeito certo!" - Vermaas (Un. Campinas)




- "Mudança de rumos" - Mara Núbia (Un. Porto Alegre)




- "Mais do que superar o cansaço, superar as dores" - Bergamini (Un. Botucatu)




- "Ou corto ou não corto" - Huarte (Un. Buenos Aires)




- "Rompi uma casca e renovei o meu espirito" - Bento (Un. Florianopolis)




- "Sensei disse: repetindo o certo é o que faz a diferença" - Gabrielle (Un. Caxias do Sul)




- "Nesta existência, encontrei um Mestre com uma energia sem igual!" - Mendes (Un. Caxias do Sul)



- "A 'martelada' do Sensei endireita a nossa espada" - Furtado (Un. Brasília)



- "Nos seios de uma família, cujos valores são o respeito e o zelo" - Coelho (Un. Belo Horizonte)



- "Inspira-me a querer mais" -Erick (Un. Santos)



- "Oferecer o Caminho aos que precisam" - Petersen (Un. Porto Alegre)




- "O Sensei mantém-nos atentos" - Malaquias (Un. Vila Mariana)



- "Elemento que o Sensei insistiu neste convívio: observação" - Rohwedder (Un. Campinas)



- "A curva de treinamento do Sensei faz recondicionar o nosso corpo pois a idade chega para todos" - Cortes (Un. Rio de Janeiro)



- "Transportados a épocas longínquas de sakura e olhar do mestre" - Danilo (Un. Campinas)



- "Aperto no espirito" - Kuhn (Un. Brasilia)



- "Confidência do Sensei: Desta vez, os objetivos foram nobres!!" - Kate (Un. Sorocaba)



- "Retribuir o mínimo ao Sensei" - Padilha (Un. Caxias do Sul)



- "O melhor de tocar na orquestra com a regência do Sensei" - Otávio (Un. Brasilia)




- "Sentir o foco e energia de todos voltado para um só objetivo" -
Gabriela (Un. Belo Horizonte)




- "Um Gashuko para superar os limites"
- Malaquias (Un. Vila Mariana)




- "A energia do coletivo foi essencial"
- Cavalcante (Un. Sumaré)



- "Lotado!" - Samuel (Un. Vitoria)




- "Que o tambor do Sensei ecoe para sempre em nosso corações" - Gabi (Un. Belo Horizonte)



- "Levei muito dever de casa" - Sionek (Un. Curitiba)
-Un tramo de una senda llena de enseñanzas y sabiduría que Sensei comparte con quienes decidan transitarla" - Daiana (Un. Buenos Aires)




-"O Sensei vê, aponta os nossos erros e cuida de nossas feridas" - Tiemi (Un. Curitiba)




-"Sekiguchi" - Souza (Un. Curitiba)










- "Aprendi costumes novos na comunidade Niten" - Christopher (Un. Curitiba)



-"5 e meia da manha a 7 graus" - Nishihara (Un. Campinas)




-"Os sete samurais que estao vivos no Niten" - Celline (Un. Sorocaba)




"O Gashuku, o tambor, a energia, o foco...e assim preparei a minha apresentação, que como conclusão foi ser aprovado." - Breno (Un. Santo André)





Clique para ampliar

-"Incrível" - Vidal (Un. Curitiba)

Tags: Egan2016_Ago,

Livro - Carina Natrilhas

por Niten - blog - 22-jun-2016



Carina é Aluna do Niten em Ribeirão Preto.
No livro Natrilhas Carina conta sobre percorrer O Caminho:


"Quero compartilhar processos, histórias, projetos, viagens, sugestões, pensamentos, questionamentos… Enfim, gerar movimento em prol de mudanças positivas minhas, do outro e do mundo."





 





No Último Cápitulo de Natrilhas 
Carina escreve sobre a vinda ao Gashuku em São Paulo.


Leia abaixo:



"São Paulo
200º dia na estrada



"Quando a fraqueza bater, a preguiça segurá-lo ou a tentação lhe chamar,
lembre-se do seu objetivo maior dos benefícios de estar no Dojo"

Sensei Jorge Kishikawa

Saímos de carro de Ribeirão Preto no sábado, às 3 horas da manhã, rumo a São Paulo, para participar do meu primeiro treino intensivo de Kenjutsu.
(...)


Continua (post completo)

Tags: Egan2016_Ago,
comentarios   4 de 4

Tiemi - CuritibaCarina! Doumo arigatou gozaimashita por compartilhar seu relato conosco.

Seja qual for a `trilha` que você seguirá daqui pra frente, rogo para que continue tendo esse espírito vibrante e alegre.
Omedetou gozaimasu! (Continua)

Carbonete - Rio de JaneiroCarina , Arigato Gozaimashita, por compartilhar seu sentimento sua emoção conosco, de forma a nos emocionar também. (Continua)

Breno - NiteróiIncrível, Carina! Lembrou-me da primeira vez que fiz o Tameshigiri. Tive sensações muito parecidas com as que você teve. Omedetou! (Continua)

Breno Cesar - Santo AndréOmedeto gozaimasu senpai Carina !

(Continua)

Sempai Basílio recebe o 60º Premio Paulista

por Brenda-Adm - blog - 17-jun-2016

A edição de número 60 do Prêmio Paulista de Esportes não poderia acontecer em momento mais propício: às vésperas dos Jogos Olímpicos Rio 2016.
A Noite de gala do Esporte Nikkey teve a presença de dirigentes e convidados especiais.
E pelo quinto ano consecutivo, a cerimônia de entrega teve como palco a Câmara Municipal de São Paulo, maior Casa Legislativa da América Latina.

Para Raul Takaki, presidente dos jornais Nikkey Shimbun e Jornal Nippak, “são 60 anos ininterruptos”. “Pouquíssimos eventos da comunidade nipo-brasileira atingem essa longevidade. A noite de hoje é ainda mais especial pois o Brasil será palco este ano dos Jogos Olímpicos e temos orgulho de poder homenagear os verdadeiros heróis que ajudam a preservar a cultura japonesa através do esporte transmitindo valores como respeito e disciplina”





Basílio Parachin - Unidade Argentina - Homenagedo do Kobudo
(...)




Continua (post completo)

Tags: Egan2016_Ago,

SHINHAGAKURE

por - Niten - 16-jun-2016





(...)


Escrito pelo Sensei Jorge Kishikawa, o Livro “SHIN HAGAKURE - Pensamentos de um Samurai Moderno” é uma bússola para tempos difíceis, apresentando uma nova percepção da filosofia samurai e da cultura japonesa voltada para o homem moderno.


"No começo, logo que fundei o Instituto Cultural Niten, esses pensamentos e reflexões hoje contidos no livro eram apenas anotações em folhas de papel (muitas vezes menores que um cartão postal), em receituários (quando tomava notas no consultório) ou até mesmo em guardanapos (únicos papéis em mãos quando eu estava lanchando ou tomando um café no trabalho). Com o tempo estas anotações, que visavam à melhoria na conduta e felicidade dos alunos, foram sendo transcritas em pequenos blocos e publicadas em jornais informativos. Assim o livro foi tomando forma.

Em 2004 após uma década de ensinamentos desde a fundação do Instituto, os alunos do Niten receberam em mãos o seu primeiro manual. Já não estávamos limitados a São Paulo: havia alunos em pelo menos outras 20 cidades espalhadas pelo Brasil. Era a primeira versão do Shin Hagakure e ficou apelidado como o "Shin da capa preta".

Tive então uma surpresa: o manual dos guerreiros do Niten estava sendo utilizado por leitores que não eram nossos alunos e, muitos deles, nada tinham a ver com o Niten.

Resolvi - a partir da 2ª edição - inserir conteúdos que tivessem abrangência universal, coisas que tocassem a alma de qualquer mortal. Esta edição lançada em 2010 ficou conhecida como "Shin do Shin", por que a foto de capa exibe uma forma de guarda chamada "Shin" (pertencente ao estilo Tenshin Shoden Katori Shintoryu), a posição de combate mais antiga dos samurais. Desde então o Shin Hagakure já foi reimpresso quatro vezes e vendeu mais de 20.000 exemplares em todo o Brasil.


(...)



Monja Coen comenta o Lançamento do livro Shinhagakure de Sensei Jorge Kishikawa






(...)

Sobre o Volume 1



No mundo globalizado onde vivemos, em que as informações circulam a uma velocidade caótica, muitas vezes não percebemos que nossos valores estão se perdendo em meio a um turbilhão de ideias e pensamentos. Escrito por um samurai destes tempos, o Shin Hagakure: Pensamentos de um Samurai Moderno apresenta uma nova percepção da filosofia samurai e da cultura japonesa, voltada para o homem moderno.O Exemplo de retidão, de coragem e de persistência dos samurais faz despertar o espírito para novas batalhas cotidianas, em que o mais importante é doar-se de corpo e alma e desenvolver como guia a espada do espírito.

Sobre o Volume 2:



Este segundo volume do Shinhagakure, contendo outros ‘cento e tantos’ conceitos de sabedoria, mostra que a vida não se ganha: se conquista. Mostra, também, que para se obter os resultados é necessário o treinamento e pôr a mão na massa.
Ao guerreiro o que importa é, depois de ter assimilado os conceitos da estratégia, se entregar de corpo e alma à prática.
E é exatamente a prática que possibilitará ao leitor do volume 1 absorver os outros ‘cento e tantos’ conceitos de sabedoria. Lutar, gritar, suar : são os três estados catárticos que o guerreiro deve experimentar.
É “passando pelo inferno” que se chega ao paraíso. É treinando e “ralando” que se muda o homem. Este volume é uma bússola para não sucumbir nesta jornada. E, para se chegar ao paraíso, passar pela etapa final: Conviver com o Mestre.
Mas estes são ‘outros tantos’.

Continua (post completo)

Tags: Egan2016_Ago,

Vencer o Frio

por Luciana - PR/Ponta Grossa - 13-jun-2016



Narabê à - 1ºC

Antes de tudo, domo arigato gozaimashitá Sensei pelo grande ensinamento.
"As mulheres são melhores que os homens"

Quando eu era militar e fui servir em um pelotão de fronteira, eu era a única mulher dentre 81 homens. Sempre ouvia a seguinte frase: “militar é militar, aqui não existe esse negócio de homem ou mulher!" Porém eram as mulheres que tinham as melhores colocações nos testes de tiro. Claro que levei a diante essa frase para continuar em frente, diante de tantas missões e dificuldades.
Após conhecer o Niten ouvi em um Momento de Ouro a frase: “As mulheres são melhores que os homens”. No Shinhagakure, o Sensei explica o porquê. Vi com mais clareza no que somos melhores e como superamos a diferença da força e do tamanho. “Melhor postura” e “Menos vícios” e “Melhor pegada na espada”, assim uma desvantagem em um golpe se torna vantagem noutro e com esse ensinamento fiz o treino de hoje. Momento de Ouro relembrado no início do treino, pois só havia mulher.
Nessa quarta na cidade de Ponta Grossa tivemos temperaturas negativas, o treino foi firme! Chegamos no dojo, Silvia e eu, colocamos nossos kimonos, limpamos o dojo montamos os equipamentos e seguimos. Fizemos um aquecimento bem puxado pois estava frio demais acredito que por volta de 0ºC, treinamos firme o Dai Ni Kihon, e na hora do bogu já estávamos com menos frio, tremendo ainda, fizemos piloto do kyu com bastante kiai, kiai de estremecer o dojo, apareceram alguns curiosos para ver o que estava acontecendo lá, continuamos e, sem parar, fomos direto para o keiko,
-Mas já?!
E lá foi o primeiro men.
-Hai
O keiko bem puxado, com golpes limpos e bem definidos, o bom de estar com energia é estar com vontade de gastá-la, parávamos apenas para trocar de armas, o kiai não baixava, uma querendo dar o melhor golpe melhor que a outra, o kiai mais alto que a outra, ter a melhor postura que a outra, ser mais agressiva que a outra. Estava empolgada com o trecho do Shinhagakure, o keiko estava tão agressivo e tão bom que quase perdemos a hora do fim do treino. Ainda bem que temos a vantagem de não sentir tanta dor quanto os homens, amanhã estarei toda dolorida, mas acumulando energia para gastar no próximo treino, dessa vez com todos do Niten Ponta Grossa, e nós mulheres que treinamos hoje, estaremos mais fortes no kiai e na luta!.

Arigato Gozaimashitá
Sayounará




Silvia e Luciana da unidade Ponta Grossa 





Em São Paulo - Narabê à 5ºC




Alunos Vencendo o Frio

Tags: Egan2016_Ago,
comentarios   1 de 1

Guilherme Caran - VitóriaShitsurei shimasu,
Konbawa,

Estive recentemente em Ponta Grossa e posso afirmar que encarar essas temperaturas não é tarefa fácil.
Omedetou gozaimasu e ganbatte kudasai!

Sayonara,
Caran (Continua)

El corte Perfecto

por VIdeos - America Latina - 08-jun-2016

Rafael e o livro

por Niten - SP/São Paulo - 06-jun-2016

Neste Sábado recebemos uma bela notícia no treino da Unidade Vila Mariana.
O Aluno Rafael (conhecido no Dojo como Ferreira) está lançando um livro infantil.
Conversas da Menina com o mundo



Ferreira nos contou que o livro veio a partir de contos ilustrados que eram publicados Semanalmente no Blog e Facebook.

Os contos são a trajetória dessa Menina, que caminha pelo mundo conversando com as coisas que fazem a existência – animais, plantas, objetos. Dessas conversas a Menina tira os aprendizados que orientam sua caminhada.
As Conversas da Menina com o Mundo são contos que pretendem um resgate da fábula, mas pensando uma fábula para as leitoras e leitores dos dias de hoje

O Lançamento será no dia 18 de Junho
Mais informações 





Do Japão 2: Carregando a bateria

por Café com Sensei - 01-jun-2016

Muitas são as razões para as falhas de comunicação e uma delas é a famosa "acabou a bateria do meu celular".
Eventualmente, quando viajamos para longe ou para países desconhecidos, isso acontece.
Mas não me refiro a estas circunstâncias . Falo da guerra diária que todos vivemos, onde muitas vezes colaboradores e serviços terceiros não dão retorno ou demoram a responder nossas mensagens.
Nesses casos, eu os faço compreender que:
bateria = energia = ki
Simples assim, sem a bateria, seu celular não funciona!
Aquele que diz que sua bateria acabou é porque o seu ki também acabou.
Neste caso, ou você "carrega", ou "troca¨.


Carregando a bateria

Tags: Egan2016_Ago,

Mundial de KENJUTSU

por Niten - blog - 05-may-2016

24 DE ABRIL - DIA DO SAMURAI

por - Niten - 24-abr-2016

Em homenagem ao Sensei Jorge Kishikawa
na data de seu aniversário, 24 de Abril,
comemoramos o Dia do Samurai
OMEDETOU A TODOS OS SAMURAIS!







Ultimas postagens:


topo

Instituto Niten Internacional
+55 11 94294-8956
contacto@niten.org