ENTRENA
KENJUTSU
ONLINE

¡Descubrimos que era posible y productivo entrenar "KENJUTSU ONLINE"!
Aquí le mostramos cómo comenzar a enseñar Kenjutsu en el Instituto Niten de inmediato
Es hora de poner en movimiento nuevamente la energía del cuerpo, la mente y el espíritu


Mural Niten Ir para o Conteúdo
imgcentral

Mural

Murales de las unidades y pote de alumnos.


Bushido em Família

por Café com o Sensei - blog - 21-nov-2016




Seguir o Bushido em família é um modo de vida louvável.

Muitos se enganam ao pensar que seguir o Bushido é treinar e correr atrás de medalhas e títulos. Está muito longe disso.

Seguir o Bushido é colocar em prática a antiga sabedoria no Dojo e em casa, algo muito raro e cada vez mais difícil hoje em dia.

Para tanto, é preciso um mestre do Bushido que oriente, endireite, e se preciso bata, como os monges zen, na esperança de elevar a alma do discípulo.

O verdadeiro mestre do Bushido é aquele que, mesmo comprando a antipatia de seu discípulo, insistirá em colocá-lo no Caminho da Verdade.

Uma família que tem um mestre assim, estará mais perto de um modo de vida louvável e feliz.



Tartarugas sobre toco de arvore no Rio Riachuelo em Buenos Aires 

Tags: Familia,

Iaijutsu em Slow Motion

por Café com o Sensei - 16-nov-2016



Imagens da Arte de Desembainhar a espada - Competições do Torneio em Câmera Lenta

Tags: Egan2016_Dez,

Estágio na ADM - Experiência Transformadora

por Almeida - MG/Juiz de Fora - 13-nov-2016



"O estágio na ADM é uma daquelas oportunidades na vida que não se pode deixar passar.
É uma vivência diferente da que se está acostumado no dojo, aprende-se muito (e rápido) com diversas pessoas e irmãos de espada que fazem diferença na sua vida e possuem uma energia realmente especial. Passa-se a entender melhor o porquê do zelo, do fazer correto e de forma ágil e a importância disso em nossas guerras pessoais e nos treinos.
Com o passar dos dias já possível notar mudanças sutis em suas atitudes e, agora de volta à minha terra, consigo mensurar melhor o quão transformadora foi esta experiência!
Como diz o Sensei, "é a evolução do Shingan". Mas só pegando a espada e vindo, convivendo e aprendendo para realmente entender!

Arigatou gozaimashitá ao Sensei, todos os senpais e colegas de treino por me tornar uma pessoa melhor e mais forte ao fim desta parte da jornada!" - ALMEIDA

Tags: Estagio,

Pequenos Samurais - Família Miyamoto

por Niten - blog - 04-nov-2016



KIR JOVEM Pequenos Samurais
Marcia Miyamoto treina Kenjutsu com seu filho no Instituto Niten,
acompanhe um depoimento sobre união,
amor e comprometimento de sua família nos treinos do Niten.

Tags: Familia,
comentarios   1 de 1

Cristiane Barbosa - Campo Grande MSShitsurei shimassu,

Minha eterna reverencia e gratidão, ao Niten e ao Sensei Kishikawa, por compartilhar as experiencias familiares dos companheiros de Dojo. Nossa família aqui em MS, também segue o Bushido, juntos, do Dojo para casa e de casa para o D (Continua)

Cuidando de Pérolas - Família Yamauti

por Niten - blog - 03-nov-2016





"22 de outubro de 2016. Encontro-me em mais um Torneio de Kobudo em meio a combates, porém desta vez há uma sensação diferente: vim acompanhado de meu filho, Katsuo, que disputará pela primeira vez. Meu foco não está apenas em me concentrar nos combates e nas tarefas a realizar, mas também me concentro em fazer com que a experiência do Torneio seja boa para ele.

Refletindo ao escrever este relato lembro-me que ao iniciar no Caminho do Guerreiro busquei adquirir valores que me ajudaram a sanar deficiências em minha formação pessoal. A ausência destes valores me fez falta em muitas situações antes de ter iniciado meu treinamento e me impediu de aproveitar inúmeras oportunidades.

Hoje em dia posso trilhar o Caminho junto a meu filho, o que me permite compartilhar estes valores que adquiri, minha vivência e experiência, garantindo que ele terá a possibilidade de reconhecer e aproveitar melhor as oportunidades da vida. Também me permite que eu conviva e passe de forma prazerosa meu tempo ao lado dele.

Otsukare sama deshitá Sensei, por permitir que eu possa compartilhar meu Caminho junto ao meu filho.

Arigatou gozaimashitá!
Sayounará." 

Édio  - Unidade Salvador







"Niten: Lar.
No ultimo dia 22 de outubro, eu tive a oportunidade de ir a mais um torneio do Instituto Niten. Não sei se acontece com todos, mas em mim, sempre bate aquela tristeza quando tudo termina. É como deixar minha casa.

Neste último torneio, em que tive o prazer de ver meu filho competir, percebi que o Niten para minha família é mais que um dojo: é como nosso lar.

Lar é o lugar em que a gente se sente bem em deixar, mas se sente ainda melhor ao voltar. E em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, receber a alegria das pessoas apenas pela sua presença é motivo de gratidão e felicidade.

Há uma força quando cada pessoa sabe o que o lar representa - quando sente que ele verdadeiramente tem valor além de ser apenas estabelecido legalmente como tal. O lar equipa cada membro da família com um parâmetro que permite medir suas ações e crenças. É um lugar onde se aprende sobre si mesmo, não importa quantas viagens tenha empreendido com esse fim. É onde o valor do trabalho é ensinado e cada um faz a sua parte para mantê-lo funcionando. É nele que adquirimos a base de sustentação para nossas vidas.

Aos companheiros de caminho, saibam que todas as vezes que vocês nos acolhem, ouvimos em nossos corações apenas uma palavra: tadaima!

Domo arigato gozaimashita! "

Ariadne  - Unidade Salvador







"Para mim foi bom ter ido ao Torneio, pois nunca tinha visto tantas crianças juntas e que tinham muito em comum. Lá os adultos me respeitavam muito e mesmo sendo criança, me tratavam como um samurai.

Mas o que eu mais gostei foi de fazer novos amigos e reencontrar antigos, então com certeza vou voltar lá."

Katsuo - Unidade Salvador 

Tags: Familia,

Crianças no 15º Torneio em Slow Motion

por Café com Sensei - 25-oct-2016





Edição e Captação: Renato Kendi Yoriyasu

Os Samurais diziam que crianças de verdade eram as que lutavam, pulavam e corriam. Eram felizes.

Naqueles tempos isto era possível, mas hoje em dia, com tantos afazeres e pressão de todos os lados, é mais raro.

Raros, mas existem:

Tags: Egan2016_Dez,

Nihon no Senki

por Café com o Sensei - 17-oct-2016

É dificil (acredite), em poucas palavras, escrever o que eu posso fazer por você.
No que o Niten pode ajudar você.
As palavras abaixo são de uma aluno que se encontra lá do outro lado mundo, usufruindo de tudo que aprendeu aqui no Instituto Niten:



"Está muito corrido aqui. Não queremos e não podemos perder tempo.

No Japão realmente é assim, ninguém perde tempo. Todos agradecem, todos cumprimentam, mas estão sempre "correndo". Senki (espirito de guerra)
Você não vê ninguém parado "de bobeira". Todos estão com um propósito, com um objetivo, estão de prontidão.

Este é o único ponto em que vemos os japoneses irritados, quando você está fazendo os outros perderem tempo.
Se está com dúvida, e pelo fato de ser gaijin, eles são pacientes.
Mas não fique parado em um local de muito movimento, não demore muito para sair e entrar dos lugares, mostre preocupação com os outros, não faça nada proibido, não coloque os outros e você mesmo em perigo, fale sumimasen (no nosso caso, shitsureishimashitá), caso contrário você verá que a simpatia e paciência nipônica dará lugar a gritos e broncas.

Nesses momentos vemos que o que treinamos no Niten e aprendemos no convívio com nosso Sensei nos preparam para uma visita no Japão. Até agora não tomamos bronca, mas vimos outros gaijin cometerem gafes grandes e serem repreendidos, e não é nada bonito.

Arigatou gozaimashitá!"
 - Professor Kenzo Dino (Unidade Rio de Janeiro)






Libélula na casa de guarda do palácio imperial. 




Professor Kenzo Dino (Unidade Rio de Janeiro, na foto segundo da direita para a esquerda)

Tags: Egan2016_Dez,

Estágio na ADM - Nobrega

por Niten - RJ/Maricá - 11-oct-2016

Nobrega ficou em Estágio na ADM no mês de Outubro
Seguem palavras dele sobre essa vivência:


"Konnichiwa, shitsurei shimassu

No segundo dia de treino fiquei sabendo do estágio, na mesma semana comecei a falar com o gerente no trabalho e com a Senpai Midori.
No fim do último treino em Maricá Senpai Silveira me desejou uma boa guerra.
No primeiro dia me disseram que ninguém permanece o mesmo ao sair do estágio. Ao menos não se estiver o vivenciando como uma batalha.
Acabei de ler o Shin Hagakure ainda no avião, a primeira vez que peguei um, vale ressaltar. E desci com intuito de experienciá-lo. No primeiro momento já na ADM notei que o aprendizado aconteceria em momentos cotidianos. Desde acordar antes para adiantar afazeres, até limpar, arrumar e estar sempre de prontidão. Acima dos afazeres fica um espírito, um ímpeto explosivo que deve ignorar os poréns, as adversidades. Isso eu aprendi fazendo tudo que nunca havia feito, indo em lugares desconhecidos com ajuda do que se tinha a mão, tendo sempre solicitude para com quem precisasse.
Entre as missões que mais me marcaram: podar o jardim. calma e precisão, comprei uma pequena frutífera para cuidar em casa. outra lição que se sobressai, treinar diariamente é absolutamente necessário. Nesse quesito, estar cada dia com um Senpai diferente, em um lugar diferente, ouvi diversas vezes o mesmo momento de ouro em diferentes vozes, ver meus erros claros e postos e dia após dia lutar para corrigi-los. Por duas vezes treinei com o Sensei, em um misto de nervosismo e calma, nervosismo por estar diante do mestre, calma por saber que este é perfeitamente humano, próximo. Estar em momentos de ouro dados pelo Sensei foi o coroar de um algo muito planejado e esperado, a certeza de que, viajar para outro estado no meio das férias para um estágio, e finalizar cada dia dentro do dojo, foi a atitude mais satisfatória que eu poderia tomar.
Para finalizar este relato, conto do dia de chegada. Entrei na ADM, fiz as atividades iniciais, não tardou e fui para meu primeiro treino em São Paulo. Foi uma aula experimental de Kenjutsu. Potência, agilidade, concentração e resistência, ali era o meu primeiro campo de combate. Contra o cansaço e as dores, me preocupei em queimar o máximo de mim, captar as dicas, e sobretudo não parar.
Assim procuro estar agora, depois de voltar ao Rio de Janeiro, depois de voltar ao trabalho. Captar cada vez mais o meu entorno, e não parar. No começo pressupunha que no primeiro dia se iniciaria o combate e no décimo primeiro, eu voltaria com esta luta finalizada. Me enganei, as batalhas nem tiveram início lá, elas culminaram lá, e não vão mais parar, desse combate eu não quero mais sair.

Shitsurei shimassu
Domo arigato gozaimashitá
Nobrega"



Tags: Estagio,

15º Torneio Brasileiro por Equipes

por Niten - blog - 10-oct-2016





O Nosso Torneio por equipes será em São paulo!
 
Dia 22 de Outubro, Sábado - a partir das 9hs
Na APCD - Unid. Santana
(Próximo ao terminal Rodoviário Tietê)
Mais informações no Calendário


 

Tags: Torneio,

Pato ou Águia

por Júlio Cesar - blog - 05-oct-2016



Texto enviado pelo Professor Loberto Sasaki:
https://www.facebook.com/lobertosasakioficial/posts/1654662458196430


 
Eu estava no aeroporto quando um taxista se aproximou. A primeira coisa que notei foi um táxi limpo e brilhante. O motorista bem vestido, camisa branca e calças bem passadas, com gravata.
 
O taxista saiu, me abriu a porta e disse: "Eu sou Willy, seu chofer. Enquanto guardo sua bagagem, gostaria que o senhor lesse neste cartão qual é a minha missão." No cartão estava escrito: < Missão de Willy - Levar meus clientes a seu destino de forma rápida, segura e econômica, oferecendo um ambiente amigável> Fiquei impressionado. O interior do táxi estava igualmente limpo.

(...)





Continua (post completo)

Aprender a escuchar

por Niten - America Latina - 04-oct-2016




En el entrenamiento es preciso estar en silencio y atento para escuchar.
El mover dos espadas
La voz del maestro y
escucharse a si mismo.
Aprender a escuchar es dar a cada sonido su debida importancia y reverencia


"Al Instituto Cultural Niten, a la persona del maestro Kishikawa Sensei. En esta familia encontré energía, inspiración, valentía, determinación y foco para seguir adelante en este proyecto. Agradezco a Sensei por la oportunidad que me proporciona de aprender sobre valores y la fuerza de los samuráis, por compartir de la estrategia y de las técnicas de Musashi Sensei y de los votos del Hagakure, que ciertamente son ingredientes esenciales de los mensajes contenidos en este libro. agradezco también a mis compañeros, pues su presencia e incentivo me permiten practicar y sentir la fuerza del espíritu en la búsqueda de los objetivos. Estoy eternamente agradecido por haber sido acogido en esta familia y espero poder retribuir lo bueno que recibí en esta convivencia."

Parrafo del Libro - El Poder de la Escucha del alumno Rodrigo Leite​


 

KATORI

por Niten - blog - 03-oct-2016



Sequência de Katori

Estágio na ADM - Peter

por Niten - RJ/Rio de Janeiro - 21-sep-2016


Peter, Aluno do Niten Rio de Janeiro esteve em Estágio na ADM nesse mês de Setembro.
Sempre a postos para o que fosse preciso!


"Nesses 6 dias que passei na ADM do Niten foi como estar no Dojo o tempo todo; sempre estar atento aos Senpais e ao Sensei, pronto para ser útil ao Mestre. Em vários momentos teve situações que lembravam palavras do Momentos de Ouro, ensinamentos do Dojo e conselhos dos Senpais.

Foi uma oportunidade de conhecer e participar do trabalho dos Senpais que estão todo dia ao lado do Sensei garantido o funcionamento correto do Niten.

Também pude participar dos treinos nos Dojos de Ana Rosa e Vila Mariana, cruzando espada pela primeira vez com muitos Irmãos de Espada, e aprendendo algumas estratégias novas.

Doumo Arigatou Gozaimashita ao Sensei, Senpai Wenzel e a todos os Senpais que me auxiliaram nessa oportunidade de aprendizado no Caminho." 


Peter - Rio de Janeiro

Tags: Estagio, Egan2016_Set,

Kir Jovem em Caxias do Sul

por Niten - RS/Caxias do Sul - 02-sep-2016

Uma ótima Novidade na  unidade de Caxias do Sul:
a abertura do Kenjutsu Infantil (para crianças de 05 a 12 anos)! 

Os Treinos já começaram aos Sábados no Colégio Santa Catarina



TRK Caxias do Sul!

por Gabrielle-Cax - RS/Caxias do Sul - 01-sep-2016

Konnitiwa Mina-san!

Esse domingo tivemos nosso TRK de Caxias do Sul, treinamos nosso espírito de guerra!
Tivemos presença dos alunos de Porto Alegre e Novo Hamburgo colocando o espírito à prova!


Destaque para a participação especial no nosso torneio do Martim, novo aluno do KIR Jovem de Caxias do Sul, resolveu por em prática a sua coragem e lutou com o Senpai Alessandro!

O Martim provou que com cinco anos se pode ter muita coragem e energia! 

(...)

A união do Niten!


Segue os resultados:


JOJUTSU 0 Kyu
1º - Rech (Caxias)
2º - Toni (Novo Hamburgo)
3º - Jonatha (POA)

JOJUTSU 7ºKyu
1º - Juliana (Caxias)
2º - Matsuda (Caxias)
3º - Gabrielle (Caxias)

JOJUTSU 6º+ Kyu
1º - Petersen (POA)
2º - Mára (POA)
3º - Juliana (Caxias)

JOJUTSU 5º+ Kyu
1º - Petersen (POA)
2º - Alessandro (POA)
3º - Taís (POA)

IAIJUTSU 0-7º Kyu
1º - Petersen (POA)
2º - Rodrigo (Caxias)
3º - Tales (POA)

IAIJUTSU 6º Kyu
1º - Matsuda (Caxias)
2º - Jonatha (Caxias)
3º - Juliana (Caxias)

IAIJUTSU 5º+ Kyu
1º - Taís (POA)
2º - Mendes (Caxias)
3º - Alessandro (POA)
KENJUTSU Sem Bogu
1º - Rafaela (Caxias)
2º - Rodrigues (Caxias)


KENJUTSU FEMININO
1º - Gabrielle (Caxias)
2º - Juliana (Caxias)
3º - Mára (POA)

KENJUTSU 0-6º Kyu
1º - Renzo (Caxias)
2º - Cho (POA)
3º - Stela (Caxias)

KENJUTSU 5º Kyu
1º - Matsuda (Caxias)
2º - Renzo (Caxias)
3º - Tales (POA)

KENJUTSU 4º Kyu
1º - Padilha (Caxias)
2º - Selau (Caxias)
3º - Rodrigo (Caxias)

KENJUTSU 3º+ Kyu
1º - Joé (Caxias)
2º - Alessandro (POA)
3º - Mendes (Caxias)

KOBUDO
1º - Mendes (Caxias)
2º - Alessandro (POA)
3º - Joé (Caxias)
 

Omedetou gozaimasu aos medalhistas!
Ganbatte Kudasai!
Gabrielle

 



Continua (post completo)

Todos Olímpicos

por Wenzel - Social - 23-ago-2016

Coordenador Wenzel, um dos condutores da Tocha Olímpica da Rio-2016 visitou a escola Apecatu, em Itapevi-SP,
para levar até os alunos do projeto escolar a Tocha Olípica,
contar um pouco da experiência de carregar a Tocha
e dos valores cultivados nos treinos do Instituto Niten.
Todas as crianças participaram desta festa, carregando também a Tocha!




(...)


O projeto Escola Apecatu , www.apecatu.org.br , foi idealizado por Stela Grisotti e Rudi Böhm, pai do Coordenador e oferece educação básica para 80 crianças entre meninos e meninas de 3 a 6 anos de idade, de famílias com renda familiar entre 1 e 2 salários mínimos.

Na página da Apecatu no facebook Rosa Fonseca curtiu e escreveu:

" Rosa Fonseca Esta é realmente uma situação onde "todos são olímpicos". Pois já estão trilhando a estrada de campeões pelo direito básico de acesso à educação na primeira infância. Em especial os alunos da Escola Apecatu, que têm uma escola de primeiríssima qualidade, graças aos seus instituidores, amigos, professores e colaboradores. Parabéns a todos! "


" Eu que tenho a agradecer, por poder vir aqui e estar com as crianças, interagir com a energia sincera e pura delas. As crianças são todas 7ºDan!
São elas que carregarão nossa chama adiante! "

Wenzel Böhm





Continua (post completo)

Tags: Social,

Egan 2016 Agosto

por Egan - Niten - 17-ago-2016


Imagem
LANÇAMENTO LIVRO SHINHAGAKURE
3ª revisão do Livro do Sensei Jorge Kishikawa, editado em dois volumes
O Instituto Niten Convida todos os Alunos e amigos para o Lançamento Oficial do Livro do Sensei Jorge Kishikawa
Shin Hagakure - Volumes 1 e 2

Sessão de autógrafos e venda de Livros

Na Livraria Cultura do Conjunto Nacional
Avenida Paulista, 2073
Sexta-feira, 02 de Setembro das 18h30 às 21h30



Os novos livros também já estão à venda no site da editora, a Kendoonline com envio para todo Brasil.


Livraria Cultura do conjunto Nacional



EGAN 2016 Agosto

Caros leitores e amigos
Com alegria retomamos a nossa Newsletter,
que acompanha as atividades do Instituto Niten desde 2003,
o EGAN!

Domo Arigato Gozaimashitá
a todos os leitores e amigos do Instituto Niten



Imagem

Histórico

"No começo, logo que fundei o Instituto Cultural Niten, esses pensamentos e reflexões hoje contidos no livro eram apenas anotações em folhas de papel (muitas vezes menores que um cartão postal), em receituários (quando tomava notas no consultório) ou até mesmo em guardanapos (únicos papéis em mãos quando eu estava lanchando ou tomando um café no trabalho). Com o tempo estas anotações, que visavam à melhoria na conduta e felicidade dos alunos, foram sendo transcritas em pequenos blocos e publicadas em jornais informativos. Assim o livro foi tomando forma.

 

Em 2004 após uma década de ensinamentos desde a fundação do Instituto, os alunos do Niten receberam em mãos o seu primeiro manual. Já não estávamos limitados a São Paulo: havia alunos em pelo menos outras 20 cidades espalhadas pelo Brasil. Era a primeira versão do Shin Hagakure e ficou apelidado como o "Shin da capa preta".

 

Tive então uma surpresa: o manual dos guerreiros do Niten estava sendo utilizado por leitores que não eram nossos alunos e, muitos deles, nada tinham a ver com o Niten.

 

Resolvi - a partir da 2ª edição - inserir conteúdos que tivessem abrangência universal, coisas que tocassem a alma de qualquer mortal. Esta edição lançada em 2010 ficou conhecida como "Shin do Shin", por que a foto de capa exibe uma forma de guarda chamada "Shin" (pertencente ao estilo Tenshin Shoden Katori Shintoryu), a posição de combate mais antiga dos samurais. Desde então o Shin Hagakure já foi reimpresso quatro vezes e vendeu mais de 20.000 exemplares em todo o Brasil.

 

Agora o Shin Hagakure está sendo relançado em sua 3ª edição e com 2 volumes: O 1º volume transmite, dos treinos para o dia a dia, o conhecimento adquirido ao longo de 40 anos de convívio com Mestres tradicionais do Japão. No 2º volume estão os ensinamentos voltados à prática e à parte técnica da espada.

 

No mundo globalizado em que vivemos as informações circulam rapidamente e de forma caótica, e muitas vezes não percebemos que nossos valores estão se perdendo em meio a um turbilhão de ideias e pensamentos.

 

O exemplo da retidão, da coragem e da persistência dos samurais desperta para novas batalhas cotidianas o espírito dos desavisados. O mais importante não é viver, é doar a vida através da espada. Tenho certeza de que, em algum momento de sua jornada, esta bússola será útil."

Sensei Jorge Kishikawa



Apresentação Monja Coen


































Imagem
¨Kishikawa Ryu Iaijutsu - Tsubame kiri, a Estratégia da Andorinha¨

As andorinhas, além de predadoras, são conhecidas por terem asas longas e pontiagudas. Como espadas.
Seus movimentos são velozes, o que torna muito difícil capturá-las.
Na Estratégia e na guerra, temos que ser como andorinhas. Chegar e partir num piscar de olhos, num vai e vem rápido e preciso.
Reza a lenda que Sasaki Kojiro, um dos maiores adversários de Miyamoto Musashi era capaz de cortar andorinhas no ar. Por ser a sua tachi (espada maior) longa em relação à maioria, conseguia, num movimento de vai e vem, cortar as andorinhas que voassem próximo a ele.
Lenda ou não, a verdade é que no Niten treina-se uma técnica inspirada na andorinha, o corte da andorinha. Ela simula os movimentos das asas da andorinha, que em mãos habilidosas, são o caminho para a vitória.
Seja rápido ao cortar, e suma ao partir.





Imagem
Imagem



























Imagem
Mundial de KENJUTSU
2017 em São Paulo
Campeonato Mundial de Kenjutsu
Todas as Unidades estão convocadas!



Editoria

O nome eGan vem de 'GAN', o ganso selvagem japonês, mensageiro de boas novas, que agora lhe são enviadas por email!

'EGAN' é o informativo do Instituto Cultural Niten enviado desde 2003. O material é editado pela equipe da Sede do Instituto NIten e conta com a colaboração dos alunos. Mande sempre que desejar sua opinião, contribuição ou comentário por email. Arigato Gozaimashita pela leitura!
Equipe Egan - egan@niten.org.br

Papel de Parede
Imagem Wallpaper
Download wallpaper 1024 pixelsDownload wallpaper 1280 pixelsDownload wallpaper 1920 pixels

Tags: Egan2016_Ago, Egan2017_Jun,

Estágio na ADM - Honorato

por Honorato - SP/Sorocaba - 15-ago-2016

Honorato, aluno da Unidade Sorocaba ficou uma semana de Agosto em estágio na Administração do Niten.




"Konnitiwa, yoroshiku onegai shimausu!
Sorocaba, Honorato desu.


Aprendi muito, e evolui não só tecnicamente no Iaijutsu, mas principalmente como pessoa.
Poder participar dos treinos com o Sensei e com os Senpai mais experientes no Caminho, foi o que mais valeu a pena nesse período, e me sinto muito honrado por isso.


"A estratégia está no corpo do cotidiano, e o cotidiano está no corpo da estratégia".
Pude constatar na prática, desde o primeiro dia de estágio, o que já vinha sendo dito nos Momentos de Ouro, sobre estratégia no cotidiano.

Nos protocolos, nas tarefas básicas diárias, todas já pré-definidas, ou nas missões que os Senpai me designavam, aparentemente simples, mas que sem a devida atenção, sem Zanshin, podiam se tornar complexas, como por exemplo, encontrar o endereço de um local de treino, escolher um simples bolo de aniversário, ou acompanhar um Senpai à rodoviária.

Pensar sempre no bem coletivo e estar sempre preparado pra ajudar. Em qualquer situação. É o que se espera de um samurai. 
"A todo momento, em qualquer lugar, jamais se esquecer do espírito de guerreiro."
Fazer da estratégia o meu cotidiano, e não perder um tempo que seria decisivo numa guerra.

Apesar de ter ficado pouco tempo de estágio, considero esse período muito produtivo pra mim, no sentido espiritual.
Gostaria de ter feito isso há muito tempo, ainda com 17 ou 18 anos.
Mas antes tarde do que nunca.

Valeu a pena "subir a montanha" por um breve momento, e conviver com quem já está mais habituado no Caminho.


Sayonara. Arigatou gozaimashita."



Estágio: para Alunos que desejam passar alguns dias na Sede em São Paulo em Estágio, ajudando nas tarefas do dia a dia administrativo do Niten, aproveitando também esse tempo para treinar próximo ao Sensei.  Veja Outros Estágiários

Tags: Egan2016_Ago, Estagio,
comentarios   1 de 1

Adilson Avelino - SorocabaHai Honorato, já imaginava que o Estágio na ADM lhe trariam grandes aprendizados como nos disseram os Senpai aqui no dojo. Vejo que além de vivenciar os Momentos de Ouro, também há gratidão em suas palavras, e o samurai deve carregar isto dentro de si, gr (Continua)

Bushido 3

por Juan Monteiro - PE/Recife - 09-ago-2016


"Sendo mais direto, o bushidô se tornou algo pelo qual posso direcionar minha energia (tanto física, quanto espiritual) através do dia-a-dia e por causa das responsabilidades, acabei por abandonar quaisquer distrações e me concentrar mais no trabalho. 
O kenjutsu se mostrou algo no qual posso me dedicar profundamente e sem arrependimentos, além dos conselhos do senpai, aprendizado nos treinos, os momentos hilários com os companheiros... tudo isso ajudando a melhorar meu ki e gamân.

Ano passado, se me perguntassem o que estaria fazendo daqui uns 20 anos, eu não saberia responder ou falaria que estaria na mesma... sem fazer nada.
Se me fizessem a mesma pergunta agora, responderia que já seria um senpai na família niten e estaria ajudando pessoas ​em busca de Caminho!
Como eu era antes do bushidô.

Sayonara arigato gozaimashitá!" - 
Juan Monteiro


LANÇAMENTO SHINHAGAKURE

por - Niten - 08-ago-2016




O Instituto Niten Convida todos os Alunos e amigos para o Lançamento Oficial do Livro do Sensei Jorge Kishikawa
Shin Hagakure - Volumes 1 e 2

Sessão de autógrafos e venda de Livros


Na Livraria Cultura do Conjunto Nacional
Avenida Paulista, Nº2073, São Paulo
Sexta-feira,
2 de Setembro,
das 18h30 às 21h30


Comprar na
Loja Online

Os novos livros também já estão à venda no site da editora, a Kendoonline, com envio para todo Brasil.



Livraria Cultura do conjunto Nacional

Tags: Egan2016_Ago,


Ultimas postagens:


topo

Instituto Niten Internacional
+55 11 94294-8956
contacto@niten.org